terça-feira, 12 de janeiro de 2021
Tamanho da fonte A+ A-

Notícias

Trabalhando em silêncio

Carlos Vitor ressalta elenco: ‘Equipe briosa’

Restam apenas três dias para a tão aguardada estreia do Nova Iguaçu no Carioca 2021. No próximo sábado, o Orgulho da Baixada recebe o Friburguense, às 15h, no Laranjão. Para fazer bonito e retornar à fase principal da competição, a Laranja da Baixada finca sua filosofia em duas palavras: coragem e humildade, ideias mantidas desde a conquista incontestável da Série B1.

O comandante Carlos Vitor, que retornou após a saída de Hermes Junior, garantiu um time forte e focado na luta incessante pelo único objetivo:

- O Nova Iguaçu é uma equipe briosa. São jogadores que disputam cada pedaço de terra. E nessa disputa o indivíduo está carregando a família dele, o melhor para a equipe, para a coletividade. Então, é de suma importância isso. Acredito que esse é um grupo muito forte para brigar por essa vaga. Mas não gosto de me precipitar nessa questão. Temos que trabalhar quieto, sem despertar ninguém. E fazer que é o mais importante: levar o Nova Iguaçu para o lugar que ele merece – disse Cal.

Um dos principais pilares do elenco que vai a campo neste Campeonato Carioca é a união. União essa que anda lado a lado com o talento dos mais novos e experiência dos mais velhos. Para Carlos Vitor, todos saem ganhando, principalmente o Orgulho da Baixada.

- Quando você consegue conciliar atletas experientes, profissionais com todas as letras, pessoas que são altamente comprometidas, envolvidas naquilo que fazem, isso faz com que você seja referência para os mais jovens. Lógico e evidente que isso é um somatório grandioso para o Nova Iguaçu, que é um clube formador – finalizou Carlos Vitor.

O Nova Iguaçu faz sua estreia na fase preliminar do Campeonato Carioca no dia 16 de janeiro, às 15h, contra o Friburguense, no Laranjão.