terça-feira, 15 de dezembro de 2020
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

DECISÃO FICA PARA A VOLTA

Com um a menos, NIFC é valente diante do SCFE e empata por 3 a 3

No primeiro tempo da decisão da Série B1, o Nova Iguaçu foi valente fora de casa, no estádio Lourival Gomes de Almeida, na tarde deste sábado (12), e, com um jogador a menos durante toda a segunda etapa, empatou em 3 a 3 com o Sampaio Corrêa. Os gols do Orgulho da Baixada foram marcados por Digão (2x) e Leonardo.

Na próxima quarta-feira (16), o NIFC volta a campo, no Laranja, para novamente encarar o Sampaio Corrêa. A bola rola às 15h e conta com cobertura ao vivo da TV FFERJ.

Nova Iguaçu se impõe e larga na frente

O Nova Iguaçu não se intimidou fora de casa e teve personalidade para fazer um primeiro tempo marcado pelo ótimo volume de jogo. Após criar algumas chances e pressionar o adversário, o Orgulho da Baixada inaugurou o placar aos 27 minutos, com um golaço de Digão. O lateral aproveitou a sobra na cobrança de falta ensaiada e estufou a rede adversária: 1 a 0.

O Sampaio Corrêa pareceu acusar o golpe, tanto que acumulou inúmeros erros na saída de bola. Porém, o time laranja não conseguiu aproveitar. O que parecia ser um cenário tranquilo para o NIFC, tornou-se o inverso aos 46 minutos, quando Luã Lúcio ganhou o segundo amarelo.

Com um jogador a menos, Nova Iguaçu lidera placar até os 50 minutos, mas deixa vitória escapar

Mesmo com um jogador a menos, o Nova Iguaçu realizou um segundo tempo digno de aplausos. Depois de sofrer o empate aos seis minutos, o Orgulho da Baixada respondeu com eficácia logo aos 12 minutos, novamente com Digão, acertando um lindo chute de fora da área. Por sua vez, o Sampaio Corrêa foi atrás do prejuízo e deixou tudo igual mais uma vez aos 31 minutos.

Contudo, o time do técnico Hermes Junior foi valente: substituindo Digão, que havia saído machucado, Leonardo foi o autor do terceiro gol, este, digno de placa. Aos 38 minutos, o camisa 13 arrancou pela direita, deixou o marcador para trás, invadiu a área, cortou o zagueiro e tirou do goleiro, que nada pôde fazer: 3 a 2. Pressionando pelo empate, o adversário apostou na bola alçada e arrancou o triunfo laranja aos 50 minutos: 3 a 3.