quinta-feira, 05 de novembro de 2020
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

PASSO IMPORTANTE

NIFC bate Olaria e chega a nove jogos de invencibilidade

O Nova Iguaçu precisou de apenas 45 minutos para se impor e bater o Olaria por 3 a 1, na tarde desta quarta-feira (04), no Estádio da Rua Bariri, pela terceira rodada da Taça Corcovado. Os gols do time do técnico Hermes Junior foram marcados por Gilberto, Caio Mello e Raphael Carioca. Com este resultado, o Orgulho da Baixada atingiu a marca de nove jogos de invencibilidade e deu um passo importante na briga por uma vaga nas semifinais da competição. Até o momento, o NIFC é líder do Grupo B, onde soma nove pontos.

A equipe laranja volta a campo no próximo sábado (07), contra o Duque de Caxias, no Laranjão, às 15h.

Nova Iguaçu é avassalador e resolve partida na primeira etapa

O Nova Iguaçu se impôs diante dos donos da casa, foi letal no ataque e fez três gols ainda na primeira etapa. Porém, o gol inaugural poderia ter saído logo cedo, aos quatro minutos. No lance, o arremate de Gustavo da entrada da área passou tirando tinta da trave. Porém, aos 23 minutos, a supremacia laranja enfim se confirmou: Gilberto cabeceou após ótima assistência de Digão e estufou a rede azul: 1 a 0.

O Olaria acusou o golpe e viu a situação que já era ruim piorar logo em seguida. Aos 25 minutos, Caio Mello fez jogada individual, limpou a marcação e mandou para o gol: 2 a 0. Protagonista na partida, o Nova Iguaçu não deixou o adversário reagir e praticamente liquidou o duelo no final da primeira etapa. Aos 44 minutos, Gustavo foi até a linha de fundo e mandou para Raphael Carioca, que emendou um sem-pulo: 3 a 0 e fim de primeiro tempo.

Olaria desconta no início, Nova Iguaçu se fecha e garante três pontos

O time da Rua Bariri voltou do intervalo com a desvantagem de três gols. Desta forma, partiu ao ataque e montou uma forte pressão, que acabou dando resultado. Aos nove minutos, após cruzamento, a bola ficou viva na área e morreu no fundo da rede.

Bem postado após sofrer o desconto, o time da Baixada Fluminense não sofreu e ficou perto de ampliar. Perto do fim, Marquinhos arriscou de fora, ela desviou e quase traiu Jeferson. Porém, o placar ficou no 3 a 1.