quarta-feira, 08 de janeiro de 2020
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Nova etapa

Nova Iguaçu é superado pela Portuguesa nos acréscimos

O Nova Iguaçu não tem mais chances de avançar à fase principal do Campeonato Carioca 2020. Na tarde desta quarta-feira (08), no Estádio Luso Brasileiro, diante da Portuguesa, o Orgulho da Baixada foi superado de virada pelo placar de 3 a 2. Agora, o time do técnico Carlos Vitor terá de enfrentar o Grupo X, que possui seis duelo decisivos na luta pela permanência na elite.

Nova Iguaçu abre 2 a 0, mas sofre virada nos acréscimos

Foi um primeiro tempo digno de aplausos. Após a pressão inicial do time da casa, o Nova Iguaçu mostrou sua força com o atacante Bruno Santos e emplacou 2 a 0 antes mesmo do fim dos primeiros 45 minutos. Aos 30 minutos, o camisa 9 aproveitou a ajeitada de Fabinho dentro da área chapou para vencer o arqueiro Jeferson. 15 minutos depois, o goleador foi novamente às redes. Digão cruzou com perfeição da direita e Bruno cabeceou no contrapé: 2 a 0.

Nem mesmo o mais otimista torcedor da Portuguesa acreditaria em um fim de jogo tão positivo. A equipe insulana iniciou a reação logo aos cinco minutos, com um pênalti convertido por Adriano. O tento inaugural da segunda etapa serviu de combustível para os lusitanos. Porém, o Nova conseguiu encontrar o equilíbrio defensivo e dificultou as ações adversárias.

Aos 38 minutos, a pressão dos donos da casa foram confirmadas com o empate. Jhullian pegou a bola na sobra e marcou próximo da pequena área. Mas aos 49 minutos, Romarinho recebeu o passe de calcanhar de Jhullian e bateu para vencer Zé Carlos. Placar final: 3 a 2.

A partida
Portuguesa 3×2 Nova Iguaçu – Seletiva, 4ª rodada – 08/01/2020, às 15h

Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Márcio Moreira de Queiroz

Portuguesa: Jefferson; Luís Gustavo (Adriano, intervalo), Marcão, Diego Guerra e Diego Maia (Alexandre Talento, 25′/2ºT); Muniz, Henrique (Lucas Perdomo, intervalo), Romarinho, Chayene e André Silva; Jhulliam. Técnico: Rogério Corrêa.

Nova Iguaçu: Zé Carlos; Digão, Gilberto, Raphael Neuhaus e Iago Soares; Paulo Henrique, Gabriel Galhardo (Filipe Silva, 14′/2ºT) e Wellington (Marquinhos, 28′/2ºT); Dieguinho, Bruno Santos (Jefferson Paulista, 20′/2ºT) e Fabinho Ayres. Técnico: Carlos Vitor.

Gols: Bruno Santos, 32′/1ºT (0-1); Bruno Santos, 44′/1ºT (0-2); Adriano, 5′/2ºT (1-2); Jhulliam, 41/’2ºT (2-2); Romarinho, 50′/2ºT (3-2)

Cartão amarelo: Iago Soares (NOV).