domingo, 03 de novembro de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Mirim

Domingo espetacular

Sub-13 vence Botafogo em jogo de sete gols e vai às semis da Taça Rio

Não é à toa que o Nova Iguaçu é respeitado e elogiado pelo seu trabalho de formação. Na manhã deste domingo, o Orgulho da Baixada deu mais uma prova disso ao vencer o Botafogo por 4 a 3, num jogaço de duas viradas, no CEFAT, em Niterói, e avançar para as semifinais da Taça Rio Sub-13, o segundo turno do Campeonato Metropolitano. O Fluminense será o próximo adversário, em Xerém.

Foi uma manhã para realmente ficar gravada na memória dos atletas, pais, comissão técnica e diretoria do Nova Iguaçu. A garotada do mirim colocou o coração na ponta da chuteira e fez um grande jogo. Aos 16 minutos, o sinal de que a vaga poderia vir: Lobato chutou por cobertura e Davi Oliveira, do Botafogo, tirou a bola em cima da linha.

Ligado no jogo, o Nova Iguaçu apertou a saída de bola dos alvinegros e abriu o placar aos 22 minutos: Lobato rolou da esquerda e o artilheiro Pedro empurrou para as redes, marcando seu 16º gol na competição e 1 a 0. Atrás no marcador, o Botafogo reagiu. Aos 26, Murilo acertou a trave. E, aos 32 minutos, Paladini empatou a partida em 1 a 1.

Se o primeiro tempo foi bom, o segundo foi ainda mais movimentado. Logo no primeiro minuto, Alisson roubou a bola na frente, saiu cara-a-cara com o goleiro, mas acabou escorando para fora. Logo depois, Wdson entrou na área e foi derrubado. Christian cobrou o pênalti com categoria, a bola ainda bateu na trave e entrou, recolocando o Nova Iguaçu em vantagem.

Wdson teve a chance de fazer o terceiro depois, mas chutou à esquerda do gol. Aí o Botafogo foi lá e conseguiu empatar, com Paladini novamente. O Nova Iguaçu teve outra ótima chance, com Carlinhos, mas o goleiro Gabriel Cardoso salvou. Como uma espécie de castigo, o Botafogo conseguiu virar, em cobrança de pênalti executada por Paladini, que anotou o terceiro dele: 3 a 2.

Pensou que o Nova Iguaçu iria se abater? Que nada! A garotada estava inteira e, empurrada pela torcida, conseguiu uma virada que parecia improvável. Aos 28 minutos, Rafinha chutou cruzado, o goleiro do Botafogo não segurou e Yuri completou no rebote. E, nos acréscimos, a defesa alvinegra vacilou novamente e Carlinhos decretou a vitória laranja: 4 a 3, vaga nas semifinais e muita festa no CEFAT!

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 4 NOVA IGUAÇU

Local: CEFAT
Data-Hora: 3/11/2019 – 9h
Árbitro: Vinicius Gouvêa de Souza
Auxiliares: Jefferson Felipe e Felipe Albuquerque
Cartões amarelos: Gabriel Justino, Davi Souza, Davi Oliveira, Cleverson e Ruan (BOT); Edson, Christian, Luis Filipe e Lobato (NOV)
Cartões vermelhos: -
Gols: Pedro 22′/1ºT (0-1), Paladini 32′/1ºT (1-1), Christian 4′/2ºT (1-2), Paladini 9′/2ºT (2-2), Paladini 20′/2ºT (3-2), Yuri 28′/2ºT (3-3) e Carlinhos 36′/2ºT (3-4)

BOTAFOGO: Gabriel Cardoso (Rogério 34′/2ºT); Ygor (Chadinha 34′/2ºT), Davi Souza (Cleverson 5′/2ºT), Rafael Presta e Luis Octávio (João Pedro 25′/2ºT); Davi Oliveira (Ruan 35′/2ºT), Gabriel Justino e Alberth; Paladini (Kayke 21′/2ºT), Murilo (Henrik 27′/2ºT) e Artur Marinho (Lucas Louback 30′/2ºT) – Técnico: Victor Hugo.

NOVA IGUAÇU: Edson; Alisson, Daniel Zavoli (Matheus Cauã 6′/2ºT), Kawan e Christian (Luis Filipe 13′/2ºT); Xavier (Lucas Gabriel – Intervalo), Yuri e Iago (Rafinha 25′/2ºT); Lobato (Pedro Henrique 25′/2ºT), Pedro (Wdson 3′/2ºT) e Carlinhos – Técnico: Carlos Romão.

Bernardo Gleizer