sábado, 21 de setembro de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Juvenil B

Triunfo épico

Com dois a menos, Nova Iguaçu vence São Cristóvão e segue líder no Torneio Guilherme Embry Sub-16

Foi sem dúvida uma das vitórias mais marcantes e heróicas da história das categorias de base do Nova Iguaçu. Atuando a maior parte do jogo com dois atletas a menos numa partida que teve cinco expulsões, o Orgulho da Baixada derrotou o São Cristóvão por 2 a 1 neste sábado, fora de casa, e manteve a liderança do returno do Torneio Guilherme Embry Sub-16.

Vice-campeão do turno, quando eliminou o Flamengo na semifinal e caiu na final para o Vasco da Gama nos pênaltis, o Nova Iguaçu manteve os 100% de aproveitamento no returno. Com 9 pontos, está à frente do Vasco da Gama, que tem os mesmos 9 pontos, mas com saldo de gols superior (6 a 5). O próximo adversário será o Cruzeiro de Padre Miguel, sexta-feira, às 9h, no CT NIFC.

A EPOPEIA

Que partida! Fora de casa, o Nova Iguaçu já sofreu um duro golpe logo aos 12 minutos: o árbitro expulsou o meia Kayke David após ele ter sofrido uma falta no meio-de-campo, apontando que o jogador acertou o rosto do adversário ao cair no gramado. A injusta expulsão não arrefeceu os ânimos do Orgulho da Baixada, que teve uma boa chance com Leozinho, num bonito chute que o goleiro Samuel salvou.

No final do primeiro tempo, o Nova Iguaçu teve mais um jogador expulso. Após um erro da defesa, Antônio partiu livre em direção ao gol e o zagueiro Matheus Santos se viu obrigado a fazer a falta antes de chegar à área, recebendo o cartão vermelho na sequência. Com dois a menos, o Nova Iguaçu conseguiu segurar o empate até o intervalo.

No segundo tempo, o técnico Ronaldinho recompôs o sistema defensivo e, mesmo com nove em campo contra 11 do adversário, o Nova Iguaçu conseguiu sair na frente. Aos nove minutos, após cruzamento da esquerda, o zagueiro Allan Matheus tentou duas vezes e abriu o placar para o Orgulho da Baixada: 1 a 0. Porém, sete minutos depois, o São Cristóvão empatou: Yuri lançou da defesa, Antônio dominou e tocou por cobertura, fazendo 1 a 1.

Mesmo com a enorme desvantagem numérica, o Nova Iguaçu se segurou bem e teve a oportunidade de fazer o segundo: Matheus Trigo jogou a bola na área, o goleiro falhou e, na sobra, a zaga tirou em cima da linha o chute de Allan. O prejuízo do Nova Iguaçu ficou menor quando Yuri recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o São Cristóvão com 10 atletas.

Com um a menos agora, o Nova Iguaçu conseguiu já no final o gol da vitória épica. Aos 35 minutos, Matheus Trigo cobrou falta na área, o goleiro saiu mal, a bola desviou em Matheus Peixoto e Allan empurrou para as redes, fazendo muita festa com os companheiros: 2 a 1. Nos acréscimos, o árbitro ainda expulsou um de cada lado: Matheus Trigo, do NIFC, e Erik, do São Cristóvão, e o Orgulho da Baixada pôde comemorar, sem dúvidas, um dos três pontos mais suados já conquistado na história de suas divisões de base.

FICHA TÉCNICA
SÃO CRISTÓVÃO 1 X 2 NOVA IGUAÇU

Local: Figueira de Melo
Data-Hora: 21/9/2019 – 15h
Árbitro: Jorge Alexandre de Souza Zomer Junior
Assistentes: Nayra da Cunha Nunes e Weslen Almeida Leonardo
Cartões amarelos: Gustavo, Antônio, Yuri, Alexandre, Erik, Breno e Danilo (SCR); Allan, Matheus Trigo e Kauã (NOV)
Cartões vermelhos: Yuri 30′/2ºT e Erik 44′/2ºT (SCR); Kayke David 13′/1ºT, Matheus Santos 35′/1ºT e Matheus Trigo 44′/2ºT (NOV)
Gols: Allan Matheus 9′/2ºT (0-1), Antônio 17′/2ºT (1-1) e Allan 35′/2ºT (1-2)

SÃO CRISTÓVÃO: Samuel; Rafinha, Breno, Yuri e Erik; Alexandre (Fernando 28′/2ºT), Danilo e Renan (Kayke – Intervalo); Gustavo (Luccas – Intervalo), Cortez (Victor Hugo 33′/2ºT) e Antônio – Técnico: Antônio Augusto.

NOVA IGUAÇU: Kayky; Ruan (João Pontes 35′/2ºT), Matheus Peixoto, Matheus Santos e Marcelinho; Ronald (Kauã 20′/2ºT), Kayke David e Matheus Trigo; Leozinho (Dilan 20′/2ºT), Wesley Manga (Allan Matheus – Intervalo) e Matheus Ribeiro (Allan 20′/2ºT) – Técnico: Ronaldinho.

Bernardo Gleizer