segunda-feira, 15 de julho de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Comunidade NIFC

Joia rara

Maria Peck, que atuou no Nova Iguaçu, é a estrela do Flamengo no Brasileiro Feminino Sub-18

O Nova Iguaçu tem diversos talentos formados na base que já brilharam ou estão brilhando em grandes clubes do país. Mas agora chegou a vez de uma menina. Depois de treinar entre os garotos nas categorias de base do Orgulho da Baixada, a jovem atacante Maria Peck, de 15 anos, assinou contrato com o Flamengo, um dos principais clubes de futebol feminino no Brasil.

Maria Peck chamou a atenção de todos no Nova Iguaçu quando disputou a I Copa Mirim dos Núcleos Oficiais do Nova Iguaçu Futebol Clube, em 2016. Ela foi eleita a revelação do campeonato no torneio disputado por meninos – o clube não tem ainda futebol feminino. Devido à grande qualidade demonstrada, Maria passou então a treinar com a equipe sub-13 da Laranja da Baixada.

Reforço da equipe sub-18 do Flamengo, Maria Peck visitou recentemente o Nova Iguaçu

A menina não só treinou como também participou – e marcou gols – do Campeonato Iguaçuano Sub-13, competição oficial promovida pela Liga de Desportos de Nova Iguaçu e que o clube disputa desde sua fundação. Mesmo atuando entre os meninos, mostrou que tinha um talento diferenciado. Depois de mais de um ano no NIFC, Maria Peck voou e atuou por Ferroviária e Chapecoense, antes de se juntar agora ao Flamengo.

- Eu agradeço muito ao Nova Iguaçu pela oportunidade que me deu, pela força que sempre passou, foi mais de um ano treinando e jogando… Agradeço muito ao Janio Moraes (presidente), ao seu Vitor (vice de futebol), ao Cacalo e Gerson (diretores), ao professor Ronaldo (técnico do sub-12), o pessoal do restaurante… Enfim, meu muito obrigado à toda família do Nova Iguaçu – agradeceu Maria.

- Nunca um clube fez isso que o Nova Iguaçu fez. Um clube de Primeira Divisão do Rio de Janeiro que abre a porta para uma menina treinar com os meninos e disputar um campeonato! Isso foi muito marcante. Não se tem notícia disso. Isso mexeu conosco, mexeu com a Maria. Somos muito gratos ao Nova Iguaçu por ter aberto as portas para a Maria e jamais esqueceremos disso – conta Roberto Durães, que acompanha Maria desde os primeiros passos, em Queimados.

Maria Peck foi eleita destaque da I Copa Mirim dos Núcleos do Nova Iguaçu e depois disputou o Campeonato Iguaçuano Sub-13 pelo Orgulho da Baixada (FOTOS: Bernardo Gleizer/Nova Iguaçu FC)

Mesmo com apenas 15 anos, Maria Peck é uma das principais jogadoras da equipe do Flamengo que está disputando o Campeonato Brasileiro Sub-18. O Rubro-Negro integra o Grupo E, com sede em Recife, ao lado de São Francisco (BA), Vitória-BA e Vitória de Santo Antão (PE). O presidente do Nova Iguaçu, Janio Moraes, não escondeu o orgulho com o sucesso da atacante.

- O Nova Iguaçu fica muito feliz com isso. Quando convidamos ela para treinar aqui e se desenvolver com os garotos, conversamos com os responsáveis e conquistamos a confiança, eles deram autorização para que ela disputasse uma competição masculina e ela acabou sendo a destaque. Temos pretensões de ter uma equipe feminina no futuro e o exemplo da Maria será a grande estrela desse projeto – ressaltou o presidente.

Bernardo Gleizer