domingo, 07 de julho de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Infantil B

Palmas para eles!

Sub-14 empata com o Fluminense em jogo polêmico e cai nos pênaltis

Não era uma tarefa simples. O Nova Iguaçu enfrentaria o Fluminense, dono da melhor campanha no Campeonato Metropolitano Sub-13 e Sub-14 com 20 vitórias e dois empates em 22 jogos, dentro de sua casa, no CT Vale das Laranjeiras, em Xerém, valendo vaga nas semifinais da Taça Guanabara. Mas a garotada do sub-14 do Orgulho da Baixada fez bonito, num jogo bastante polêmico.

Mesmo fora de casa e diante de um rival invicto, o Nova Iguaçu não adotou uma postura defensiva e jogou contra o Fluminense de igual para igual. E chegou a abrir uma vantagem de 2 a 0 no placar. Aos 35 minutos do primeiro tempo, Matheus cobrou falta da esquerda e Guilherme Miguel desviou de cabeça, fazendo o primeiro. Depois, aos 14 da etapa final, Matheus bateu escanteio, a defesa afastou parcialmente e Kauã Santos pegou a sobra, encobrindo o goleiro e marcando o segundo.

Porém, o Fluminense foi para o tudo ou nada e conseguiu a reação. Primeiro, através de Luís Felipe, aos 26 minutos. E depois, num lance para lá de polêmico que gerou muita reclamação do Nova Iguaçu. Após bola cruzada, o auxiliar levantou a bandeirinha apontando alguma infração, mas baixou o instrumento e deu o gol para o Tricolor, de Crysthyan. Uma injustiça perante a grande atuação dos frutos da terra.

Com o empate, a vaga para a semifinal foi decidida nos pênaltis. E aí o Fluminense levou a melhor, vencendo por 6 a 5. Nada que tirasse o brilho da garotada do Nova Iguaçu, muito aplaudida no final. A equipe laranja, comandada pelo técnico Figueiredo, jogou com Breno; Ítalo (Kauã Vargas), Kauã Santos, Guilherme Miguel e Allan Guilherme; Sanderson, Pedro Henrique e Jonathan (Leanderson); Christian Rikelmy (Kauã Vilas), Leonardo (João Pedro) e Matheus.

REVÉS NO SUB-13

No segundo jogo da rodada dupla, a equipe sub-13 foi eliminada nas quartas de final da Taça Guanabara pelo Fluminense com uma derrota por 5 a 0. As equipes sub-14 e sub-13 do Nova Iguaçu agora se preparam para a Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Metropolitano, que só começará no mês de agosto.

Bernardo Gleizer