domingo, 27 de janeiro de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Na raça e na guerra!

Nova Iguaçu vence o America no Laranjão e agora é o vice-líder do Grupo X

Foi na raça. Na marra. Na guerra! Debaixo de um calor de 43ºC, o Nova Iguaçu conquistou sua primeira vitória no Grupo X do Campeonato Carioca ao derrotar neste domingo o America pelo placar de 1 a 0, no Laranjão. O gol da vitória saiu no começo do segundo tempo, e ela veio também graças à atuação heroica do goleiro Caio Borges, que entrou na etapa final.

Agora com três pontos na tabela, o Nova Iguaçu assumiu a segunda posição, atrás apenas do Goytacaz (4), deixando a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, sábado, o Orgulho da Baixada recebe o Macaé, que tem dois pontos, em local indefinido – o TJD-RJ puniu o NIFC com a perda de três mandos de campo por conta da invasão de torcedores do Goytacaz ao vestiário visitante na primeira rodada da fase preliminar.

O JOGO

A partida deste domingo foi daquelas para ficar guardada na memória de todos que participaram dela. Debaixo de um forte calor, Nova Iguaçu e America se alternaram na posse de bola durante todo o primeiro tempo, que foi disputado em ritmo lento. A única jogada perigosa surgiu numa bola parada dos visitantes: Ânderson Künzel cobrou falta e acertou a trave de Jefferson, que estava nela.

O segundo tempo começou também estudado, mas o Nova Iguaçu conseguiu o gol que seria o da vitória no primeiro ataque que encaixou. Caio Cezar enfiou para Bruno Veiga na esquerda, ele passou pela marcação e chutou cruzado. O mesmo Caio Cezar apareceu na segunda trave sozinho para finalizar e tirar o grito da garganta dos jogadores e torcida do Nova Iguaçu: 1 a 0.

Depois do gol, o Nova Iguaçu sofreu problemas por causa do desgaste físico e o técnico Marcelo Salles se viu obrigado a fazer três mexidas, sendo a última delas a entrada do goleiro Caio Borges no lugar do ídolo Jefferson, com muitas cãimbras. E o camisa 12 não sentiu a responsabilidade e foi um gigante, se tornando o nome do jogo.

Caio Borges fez uma série de defesas incríveis, além de mostrar muita coragem nas inúmeras bolas cruzadas que o America jogou na área. A mais difícil delas foi aos 29 minutos: após escanteio cobrado, a bola ficou viva na área e o goleiro laranja salvou à queima-roupa. Aos 40, ele voou no alto para espalmar o forte chute de Pedrinho, de esquerda. E, nos acréscimos, teve estrela ao defender um chute de Miguel, que recebeu livre dentro da área, no meio do gol. Ufa! Que jogo!

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 1 X 0 AMERICA

Local: Estádio Laranjão
Data-Hora: 27/1/2019 – 16h
Árbitro: João Ennio Sobral
Auxiliares: Ricardo Nogueira da Silva e Guilherme Vogas Tavares
Renda e público: R$ 12.400,00 / 840 pagantes / 905 presentes
Cartões amarelos: Murilo Henrique e Rodrigo Yuri (NOV); Daniel, Miguel e Chrispim (AME)
Cartões vermelhos: -
Gols: Caio Cezar 10′/2ºT (1-0)

NOVA IGUAÇU: Jefferson (Caio Borges 18′/2ºT); Ryan, Murilo Henrique, Raphael Neuhaus e Lucas (Raniel 11′/2ºT); Paulo Henrique, Rodrigo Yuri, Julinho e Caio Cezar; Lucas Campos (Andrezinho 11′/2ºT) e Bruno Veiga – Técnico: Marcelo Salles.

AMERICA: Deola; Ânderson Künzel (Bruno Bezerra 43′/2ºT), Vladimir, Lucão e Alan Pires (Chrispim 20′/2ºT); Araruama, Tiago Corrêa, Miguel e Felipe Pará; Pedrinho e Daniel – Técnico: Luizinho Lemos.

Bernardo Gleizer