quarta-feira, 09 de janeiro de 2019
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Sem a vaga

Nova Iguaçu perde do Resende e não consegue ir à fase principal do Carioca

O Nova Iguaçu não conseguiu a classificação para a fase principal do Campeonato Carioca de 2019. Na tarde desta quarta-feira, no Laranjão, o Orgulho da Baixada foi superado de virada pelo Resende por 2 a 1 e não tem mais chances de passar da fase preliminar. No domingo, a equipe se despede desta etapa enfrentando o America, às 16h, no Estádio de Los Larios, em Xerém.

Como não conseguiu a vaga, o Nova Iguaçu agora vai disputar um quadrangular em sistema de ida e volta com outros três times que não obtiveram a classificação, denominado Grupo X, a partir do dia 19. Nesta etapa, os dois primeiros se mantém na Série A e ficam aguardando a Seletiva para o Carioca-2020, enquanto os dois últimos são rebaixados e disputarão a Segunda Divisão ainda este ano.

O JOGO

Precisando da vitória para manter-se com chances de classificação, o Nova Iguaçu adotou uma postura ofensiva e pressionou o Resende desde o primeiro minuto. Em menos de cinco minutos, Andrezinho finalizou com perigo duas vezes, uma de cabeça e outra de primeira, após cruzamento de Wallace. O próprio Wallace teve outra chance aos 14 minutos, após receber de Edu, mas soltou a bomba para fora.

O Resende esperava o Nova Iguaçu em seu campo de defesa e as chances laranjas continuaram após a parada técnica. Aos 25, Edu foi lançado por Bruno Veiga, driblou o goleiro, mas a defesa conseguiu tirar na sequência. Aos 31, enfim, o Orgulho da Baixada conseguiu abrir o placar. Edu achou Lucas Campos entre os zagueiros, e na sequência foi derrubado pelo goleiro. Pênalti, que o capitão Paulo Henrique bateu com categoria: 1 a 0.

Depois do gol, o Resende atacou mais. Maxwell, de bicicleta, acertou a trave aos 33 minutos. O Nova Iguaçu aproveitou-se dos espaços com jogadas de lançamento, que terminaram em finalizações de Lucas Campos, sem perigo. No fim da etapa inicial, o Resende teve uma boa oportunidade em cobrança de falta, mas Jefferson saltou e fez uma linda defesa na batida de Jeanderson.

A etapa final começou equilibrada, e o Nova Iguaçu conseguia segurar bem o resultado. Rodrigo Yuri quase ampliou aos 12 minutos, ao chutar cruzado. Mas a equipe laranja voltou a sofrer com a bola parada. Após falta lateral, Zambi cabeceou no cantinho e fez 1 a 1. O Nova Iguaçu teve novamente de lançar-se à frente, e permitiu contra-ataques. Num deles, Maxwell sofreu pênalti de Jefferson. Mas o goleiro laranja defendeu a cobrança de Jackson.

Empurrado pela torcida, o Nova Iguaçu seguiu em cima. Aos 26 minutos, Lucas Campos pegou a sobra de uma bola cruzada na área e quase marcou, com a bola tirando tinta da trave. Depois, aos 33, Marquinhos do Sul teve a chance, foi lançado por Lucas Campos e saiu cara-a-cara sozinho, mas chutou em cima de Ranule. Como castigo, na sequência, o Resende encaixou o contra-ataque e definiu a vitória de virada por 2 a 1, com Sabão.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 1 X 2 RESENDE

Local: Estádio Laranjão
Data-Hora: 9/1/2019 – 16h
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Auxiliares: Gilberto Stina Pereira e Ricardo Nogueira da Silva
Renda e público: R$ 12.900,00 / 890 pagantes / 990 presentes
Cartões amarelos: Lucas Campos, Wallace e Jefferson (NOV); Ranule, Jeanderson e Vitinho (RES)
Cartões vermelhos: -
Gols: Paulo Henrique 31′/1ºT (1-0), Zambi 13′/2ºT (1-1) e Sabão 36′/2ºT (1-2)

NOVA IGUAÇU: Jefferson; Wallace, Raphael Neuhaus, Rafael Caldeira e Lucas; Paulo Henrique (Ernesto 25′/2ºT), Rodrigo Yuri e Andrezinho (Marquinhos do Sul 17′/2ºT); Lucas Campos, Bruno Veiga e Edu (Flávio Carioca 17′/2ºT) – Técnico: Marcelo Salles.

RESENDE: Ranule; Filipe Sousa, Rhayne, Lucão e Jeanderson; Joseph, Vitinho, Murilo Rusalen (Davi Ceará – Intervalo) e Arthur Faria (Sabão 27′/2ºT); Maxwell e Zambi (Jackson 18′/2ºT) – Técnico: Edson Souza.

Bernardo Gleizer