sábado, 01 de dezembro de 2018
Tamanho da fonte A+ A-

Mirim

Tudo igual

Nova Iguaçu empata no primeiro jogo da final do Metropolitano Sub-13

Tudo igual na primeira final do Campeonato Metropolitano Série Prata Sub-13. Na tarde deste sábado, no Estádio de Los Lários, em Xerém, Nova Iguaçu e Canto do Rio empataram em 1 a 1 nos primeiros 70 minutos da decisão. A partida de volta está marcada para o próximo sábado, às 16h, no mesmo local. Quem vencer, levanta a taça. Se houver novo empate, disputa por pênaltis.

Campeão da Taça Guanabara na Série Prata e quadrifinalista da Taça Rio na Série Ouro, o Nova Iguaçu começou a partida sofrendo pressão do Canto do Rio, que foi o campeão da Taça Rio. Aos nove minutos, Luan Vitor cabeceou para fora. O Orgulho da Baixada respondeu aos 19 minutos: Leonardo lançou Matheus na esquerda, ele avançou e chutou com força, cruzado, mas a bola saiu à direita do gol.

O Canto do Rio seguiu assustando. Aos 23, a zaga do Nova Iguaçu saiu jogando errado e o goleiro Emerson salvou o que seria o primeiro gol, defendendo um chute de cara com João Victor. No lance seguinte, a equipe niteroiense conseguiu abrir vantagem no marcador. Após cobrança de escanteio, a bola ficou pererecando na área e o mesmo João Victor colocou na rede: 1 a 0.

O Nova Iguaçu voltou para segundo tempo bastante modificado, e as mudanças do técnico Carlos Romão surtiram efeito. Logo no segundo minuto, Kaio chutou cruzado e o goleiro Renan defendeu. Aos 18, saiu o empate: Matheus rolou de três dedos da esquerda, João Pedro recebeu na linha de fundo e rolou para Kaio finalizar no segundo pau, deixando o placar em 1 a 1.

A partida seguiu movimentada, e o Nova Iguaçu poderia ter saído vencedor: aos 29, Pedro Henrique marcou no rebote, mas o auxiliar apontou impedimento. A equipe laranja atuou com Emerson; Kauã Ferreira, Kauã Santos (Gabriel), David e Kauã Vilas (Allan Guilherme); Jonathan (Pedro Henrique), Guilherme (Yuri) e Leanderson (Adriano); João Vitor (Kaio), Matheus e Leonardo (João Pedro).

Bernardo Gleizer