sábado, 08 de setembro de 2018
Tamanho da fonte A+ A-

Infantil A

Na briga!

Sub-15 vence Boavista no CFZ, sobe na tabela e sonha com G-4

O Nova Iguaçu embalou na reta final do Campeonato Carioca Sub-15. Após bater o Botafogo no meio de semana, o Orgulho da Baixada derrotou o Boavista por 1 a 0 na tarde deste sábado, no CFZ, e ganhou mais uma posição na tabela. A garotada ultrapassou o Volta Redonda e agora está na quinta colocação, com 27 pontos.

Faltando duas rodadas, o Nova Iguaçu ainda pode sonhar com um lugar no G-4 e, consequentemente, nas semifinais. A diferença para o Botafogo, quarto colocado, é de cinco pontos. Assim, o Orgulho da Baixada teria que vencer os dois jogos restantes (Macaé e Fluminense) e torcer para o Botafogo somar no máximo um ponto (contra Flamengo ou Madureira), além de tirar a diferença no saldo.

Devido ao estado ruim do gramado, o jogo foi bastante brigado. Mas o Nova Iguaçu começou melhor. Após Matheus Trigo cabecear para a área, Luizinho ganhou na velocidade e chutou para ótima defesa do goleiro Caio. O Boavista respondeu aos 17: Ryan arriscou de fora e Kayky espalmou com a pontinha dos dedos.

O gol da vitória saiu aos 31 minutos da etapa inicial. Thaigo cobrou falta da direita, Marcos Paulo cabeceou, o goleiro Caio tirou em cima da linha e, no rebote, Allan fuzilou para as redes: 1 a 0. O Nova Iguaçu seguiu melhor durante todo o segundo tempo e conseguiu segurar a vitória, freando as investidas ofensivas do Boavista nos minutos finais.

A equipe do técnico Carlos Vitor jogou com Kayky; Thaigo, Matheus Peixoto, Igor e Marcos Paulo; Ronald, Matheus Trigo e Kayke David (Renner); Luizinho (Pimentel), Dilan (Matheus Ribeiro) e Allan (Gabriel). O Nova Iguaçu folga na próxima rodada e volta a campo no dia 22 para enfrentar o Macaé, fora de casa, no campo do Expedicionários, no Norte Fluminense.

SUB-17 PARA NA TRAVE

No primeiro jogo da rodada dupla no CFZ, a equipe sub-17 do Nova Iguaçu foi superior ao Boavista, mas não teve sorte: acertou a trave duas vezes no segundo tempo e ficou no empate em 0 a 0. Na disputa pelo ponto extra, a trave também foi decisiva, e o Boavista venceu por 6 a 5. Em sétimo na tabela, o Orgulho da Baixada enfrenta no próximo sábado o America, em casa, às 10h.

Bernardo Gleizer