domingo, 11 de março de 2018
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Ficou para a última rodada

Nova Iguaçu luta no segundo tempo, mas perde para o Fluminense

O Nova Iguaçu vai decidir seu futuro no Campeonato Carioca na última rodada, contra o Macaé, no próximo domingo, às 16h, no Laranjão. Na noite deste domingo, o Orgulho da Baixada reagiu no segundo tempo, mas acabou derrotado pelo Fluminense por 2 a 1, no Maracanã, permanecendo sem vitórias na Taça Rio.

Com a derrota, o Nova Iguaçu caiu para a 11ª posição na classificação geral, com seis pontos, sendo ultrapassado por Volta Redonda (7) e Macaé (9). No entanto, basta uma vitória simples contra o próprio Macaé, na última rodada, em casa, para o Orgulho da Baixada não precisar disputar a Seletiva em 2019, já que assim ficaria à frente da equipe do Norte Fluminense pelos critérios de desempate.

O Nova Iguaçu entrou em campo com muitos desfalques, todos por lesão: o lateral-direito Wallace, o lateral-esquerdo Ronan e os atacantes Jonathan e Adriano. O Fluminense não poupou seus titulares e conseguiu construir a vitória nos primeiros 20 minutos. Aos 11, Robinho aproveitou a sobra e deu passe na medida para Pedro, frente a frente com Jefferson, fazer 1 a 0.

Pouco depois, o equatoriano Sornoza quase fez o segundo, em cobrança de falta que foi desviada. E, aos 18, o Tricolor fez o segundo, na bola aérea. Sornoza cobrou escanteio, Reginaldo atacou a bola, superando a marcação de Murilo Henrique, e dobro a vantagem do Fluminense para 2 a 0. O Nova Iguaçu não conseguia chegar com perigo à meta adversária e foi para o intervalo perdendo.

Jogadores entraram em campo com uma faixa em homenagem às mulheres (FOTO: Bernardo Gleizer/NIFC)

No segundo tempo, porém, a postura mudou. O Nova Iguaçu passou a tocar a bola com mais calma e a rondar a área do Fluminense, com mais movimentação. Logo após a parada técnica, o Orgulho da Baixada diminuiu o prejuízo: Caio Cezar cobrou falta, a bola quicou no gramado e enganou o goleiro Julio Cesar. No rebote, Iuri Pimentel, que tinha acabo de entrar, balançou as redes de cabeça: 2 a 1.

Após o gol, o Fluminense voltou a dominar a posse de bola e a administrar a vantagem, com o Nova Iguaçu não conseguindo a reação para tentar o empate. Dos males o menor: agora, o Orgulho da Baixada depende apenas de si para escapar da Seletiva em 2019. O Nova Iguaçu conta com o Laranjão lotado, no próximo domingo, para vencer o Macaé e se garantir na fase principal na próxima temporada.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 1 NOVA IGUAÇU

Local: Maracanã
Data-Hora: 11/3/2018 – 19h30
Árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Junior
Auxiliares: Daniel do Espírito Santo Parro e Ivan Silva Araújo
Renda e público: R$ 110.125,00 / 3.317 pagantes / 3.849 presentes
Cartões amarelos: Reginaldo (FLU); Daniel (NOV)
Cartões vermelhos: -
Gols: Pedro 11′/1ºT (1-0), Reginaldo 18′/1ºT (2-0) e Iuri Pimentel 21′/2ºT (2-1)

FLUMINENSE: Julio Cesar; Reginaldo, Gum e Ibañez; Gilberto (Mateus Norton 41′/2ºT), Douglas, Jadson, Sornoza e Ayrton Lucas; Robinho (Matheus Alessandro 33′/2ºT) e Pedro (Pablo Dyego 42′/2ºT) – Técnico: Abel Braga.

NOVA IGUAÇU: Jefferson; Daniel, Raphael Azevedo, Murilo Henrique e Lucas; Paulo Henrique (Raphael Neuhaus 27′/1ºT), Vinicius (Iuri Pimentel 20′/2ºT) e Caio Cezar; Wescley, Dieguinho e Vinicius Paquetá (Robinho – Intervalo) – Técnico: Edson Souza.

Bernardo Gleizer