terça-feira, 20 de fevereiro de 2018
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Caminho traçado

Nova Iguaçu conhece adversários da Série D, que começa em abril

O Nova Iguaçu conheceu nesta terça-feira seus adversários na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D, competição que disputará pela segunda vez em sua história. O Orgulho da Baixada caiu no Grupo A15, ao lado de Caxias (RS), Inter de Lages (SC) e Mirassol (SP).

A Série D já começa no dia 21 de abril, e o Nova Iguaçu estreia na competição fora de casa, diante do Mirassol, no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, em Mirassol. O primeiro jogo em casa, no Estádio Laranjão, será no dia 28, às 15h, contra o Inter de Lages (SC).

Na primeira fase da Série D, se classificam os primeiros colocados de cada grupo e os 15 melhores segundos colocados para a segunda fase, totalizando 32 equipes. Desta etapa em diante os confrontos são disputados no sistema de mata-mata, com os semifinalistas garantindo o acesso à Série C de 2019.

O Nova Iguaçu conseguiu a vaga por ter terminado o Campeonato Carioca de 2017 na quinta colocação, a melhor entre os clubes de menor investimento. Além do Orgulho da Baixada, representarão o Rio de Janeiro o Madureira (sexto colocado no último Estadual), o Macaé (rebaixado da Série C) e o Americano (vice-campeão da Copa Rio).

OS ADVERSÁRIOS:

CAXIAS
Fundado em 1935, é o clube mais tradicional da chave. Já disputou a Série A do Campeonato Brasileiro quatro vezes (entre 1976 e 1979) e foi campeão gaúcho uma vez, em 2000. Conseguiu a classificação por ter terminado o Gauchão-2017 na terceira colocação, sendo eliminado apenas na semifinal pelo Internacional, nos pênaltis. Manda seus jogos no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, com capacidade para 30 mil pessoas.

INTER DE LAGES
Foi fundado em 1949, inspirado no Internacional de Porto Alegre – herdou os nomes e as cores do xará mais famoso. Campeão catarinense de 1965, disputou a Taça Brasil no ano seguinte e só voltou a disputar um torneio nacional em 2016, 49 anos depois. Obteve a vaga na Série D por ter terminado o Catarinense de 2017 na sétima colocação. Seu estádio é o Vidal Ramos Júnior, mais conhecido como Tio Vida, para 6 mil torcedores.

MIRASSOL
É o clube mais antigo da chave, com 92 anos de existência. Nunca disputou a Série A do Brasileiro, mas tem sido presença frequente na Série A-1 do Paulista (foram oito participações nos últimos 11 anos). Participará pela quarta vez da Série D (a última foi em 2012), obtendo a vaga via Campeonato Paulista, quando no ano passado terminou na 11ª posição geral. Em seu estádio, o José Maria de Campos Maia, apelidado de “Maião”, cabem 15 mil pessoas.

Bernardo Gleizer