quinta-feira, 02 de novembro de 2017
Tamanho da fonte A+ A-

Infantil A

Marco histórico

Sub-17 e sub-15 terminam em quarto lugar e com a melhor disciplina

O Nova Iguaçu vai mostrando sempre por que foi o primeiro do Rio de Janeiro a receber o Certificado de Clube Formador da CBF. Com a filosofia de revelar talentos desde sua fundação, em 1990, o Orgulho da Baixada atingiu neste ano de 2017 a quarta colocação no Campeonato Carioca da Série A Sub-17 e Sub-15, deixando sempre um clube de maior investimento para trás.

Na categoria sub-15, para os atletas nascidos no ano de 2002, o Nova Iguaçu alcançou as semifinais dos dois turnos, sendo eliminado em ambas pelo Fluminense, campeão antecipado da competição, dentro das Laranjeiras. Acabou na quarta posição na classificação geral, com 50 pontos, atrás de Flamengo (65), Fluminense (59) e Vasco da Gama (53), à frente por larga margem do Botafogo (44).

Foram apenas oito derrotas em 26 jogos, com 14 vitórias (sendo duas sobre o Flamengo e uma em cima do Fluminense, em casa, por 4 a 1) e quatro empates, 45 gols marcados e 35 sofridos. Além disso, o Orgulho da Baixada teve o atacante Weverton como destaque, com 18 gols marcados, ficando atrás somente de Reiner (25) e Lázaro (21), do Flamengo, e Kaká (24), do Fluminense.

Já na categoria sub-17, para os jogadores nascidos a partir de 2000, o Nova Iguaçu terminou na frente do Fluminense, na quarta posição, com 49 pontos, e alcançou a semifinal da Taça Rio após uma sequência de quatro vitórias seguidas, incluindo uma sobre o Flamengo. Foram 15 triunfos, dois empates e oito derrotas, com 43 gols marcados e apenas 23 sofridos – a melhor defesa do Carioca.

Na categoria de transição, o Nova Iguaçu voltou a disputar o Torneio Guilherme Embry Sub-16 (para atletas nascidos em 2001) e fez uma ótima campanha, ficando na quinta colocação geral, atrás apenas dos quatro clubes de maior investimento. O Orgulho da Baixada teve como destaque a vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo no CEFAT, tirando a invencibilidade do adversário na ocasião.

CAMPEÃO DA DISCIPLINA

“Antes de formar jogadores, o Nova Iguaçu quer formar cidadãos”. Essa frase é sempre dita pelo presidente do Nova Iguaçu, Janio Moraes, ao falar da filosofia do clube. E isso ganhou resultados práticos. No aspecto disciplinar, o Orgulho da Baixada foi a equipe campeã no Campeonato Carioca Sub-15 e Sub-17, como mostra a estatística de cartões amarelos e vermelhos.

Levantamento feito com base nas estatísticas fornecidas pela própria Federação de Futebol do Rio de Janeiro mostra que o Nova Iguaçu foi a equipe que menos recebeu cartões nas duas competições – para ficar justo, levou-se em conta apenas os jogos da fase classificatória, que todos os clubes participaram. No somatório das duas categorias, o NIFC teve 67 amarelos e apenas quatro expulsões (veja o gráfico abaixo).

Bernardo Gleizer