segunda-feira, 09 de outubro de 2017
Tamanho da fonte A+ A-

Fraldinha

Só vitórias

Sub-13 assume a liderança do Iguaçuano; sub-12 e sub-11 também vencem

O sábado foi 100% vitorioso para as categorias de base mais inferiores do Nova Iguaçu. Atuando em casa, as equipes sub-13, sub-12 e sub-11 do Orgulho da Baixada conquistaram três vitórias pelo Campeonato Iguaçuano, com destaque para a primeira, que assumiu a ponta de sua chave no torneio promovido pela Liga de Desportos de Nova Iguaçu (LDNI).

A equipe sub-13 dirigida pelo técnico Carlos Romão derrotou o União por 2 a 1, devolvendo a derrota sofrida na estreia fora de casa, e assumiu a liderança do Grupo B, com 12 pontos – mesma pontuação do adversário, mas com saldo de gols superior (+26 contra +7). Carlos Vinicius, no primeiro tempo, e Michael Douglas, na etapa final, fizeram os gols do NIFC.

O Orgulho da Baixada atuou com Túlio; João Victor, Mario Lucas, Vinicius e Hugo (Luiz Fernando); Érik, João Pedro e Luquinhas (Gabriel); Breno (Lucas Henrique), Roger (Cauã) e Carlos Vinicius (Michael Douglas). Agora, resta apenas um jogo nesta primeira fase, contra o BNH, fora de casa. A data ainda será divulgada pela Liga Iguaçuana.

DOBRADINHA PELA MANHÃ

Na parte da manhã, o Nova Iguaçu conquistou duas vitórias sobre o Vila Central. No primeiro duelo, o sub-11 conquistou uma tranquila vitória por 3 a 0, com gols marcados por João Victor, Daniel Zavoli e Jorge. A garotada lidera o Campeonato Iguaçuano Pré-Mirim com cinco vitórias em cinco jogos, 24 gols marcados e nenhum sofrido.

Na segunda partida da rodada dupla, o sub-12 teve mais dificuldades, contra o sub-13 do Vila Central, e venceu por 1 a 0, gol marcado pela estrela Maria Peck já na parte final do confronto. Com a vitória, a equipe comandada pelo técnico Ronaldo Silva seguiu com boa vantagem na liderança do Grupo A do Iguaçuano Sub-13, com 13 pontos em cinco jogos.

No próximo sábado, as equipes sub-11 e sub-12 do Nova Iguaçu encaram o Queimados, no Estádio Júlio Kengen (Queimadão), em Queimados, às 9h e 10h30, respectivamente.

Bernardo Gleizer