sexta-feira, 17 de março de 2017
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Jogão em Mesquita

Confiante, Nova Iguaçu visita o Fluminense neste domingo em Édson Passos

Depois de estrear com vitória na Taça Rio, o Nova Iguaçu terá pela frente um duro compromisso no Campeonato Carioca. Domingo, o Orgulho da Baixada enfrenta ninguém menos que o campeão da Taça Guanabara, o Fluminense, a partir das 16h, em Édson Passos, com transmissão da TV Globo. Vice-líder do Grupo B, o Nova Iguaçu tentará manter-se na briga para chegar às semifinais do segundo turno.

Além da qualidade do elenco tricolor, chama a atenção os números da defesa do Fluminense no Estadual: foram apenas três gols sofridos, todos na final diante do Flamengo. Se contabilizar apenas os jogos de primeira fase, o Tricolor ainda não foi vazado. É mais um motivo para o Nova Iguaçu estar bem concentrado para poder surpreender o adversário no estádio do America.

- Eles têm uma zaga muito bem postada, e particularmente analisei isso. Temos que sair com velocidade, é a arma que eles usam para atacar, mas é a nossa também, é uma das nossas especialidades. Quando tivermos a chance, temos que sair com rapidez e ser eficientes na hora de matar o jogo – afirmou Wescley, cria da base e líder em assistências do time, com quatro, ao lado do artilheiro Adriano.

Gol de Wescley

Wescley (10) fez o primeiro gol da vitória sobre o Bangu, na estreia na Taça Rio (FOTO: Bernardo Gleizer/NIFC)

Ao mesmo tempo que pensa na vaga na semifinal da Taça Rio – e até mesmo na semifinal geral do Carioca, já que está na sexta colocação, com nove pontos -, o Nova Iguaçu também tenta garantir a pontuação necessária para não precisar disputar a fase preliminar em 2018. Ex-jogador do Fluminense, onde foi tricampeão carioca e campeão brasileiro, o técnico Edson Souza põe os pés no chão.

- A equipe vem numa crescente, pegando confiança. Vamos pensando jogo a jogo, aí consequentemente vamos atingir situações melhores lá na frente. Nosso campeonato é outro, mas conquistando vitórias vão surgir coisas melhores mais adiante. Não adianta colocar esse peso em cima dos jogadores, vamos pensar jogo a jogo – afirmou o treinador iguaçuano.

O Nova Iguaçu retorna ao Estádio Giulitte Coutinho, em Édson Passos, de onde guarda ótimas recordações. Foi lá, diante de mais de 14 mil pessoas, que o Orgulho da Baixada se sagrou campeão da Série B do Campeonato Carioca de 2005 e obteve, pela primeira vez, o acesso à Primeira Divisão. Na ocasião, o NIFC superou Bangu, Boavista e Angra dos Reis no quadrangular final para conquistar o título.

Bernardo Gleizer