sexta-feira, 02 de setembro de 2016
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Tudo pronto

Após quase três meses sem jogar, Nova Iguaçu estreia neste sábado no Triangular Final da Série B

Edson Souza comanda treino: Nova Iguaçu esperou quase três meses para começar o Triangular Final (FOTO: Bernardo Gleizer/NIFC)

Voltar à Primeira Divisão do Campeonato Carioca é o objetivo principal do Nova Iguaçu nesta temporada. Mas as circunstâncias que apareceram acabaram prolongando um pouco mais este desafio. Depois de uma interrupção de pouco mais de dois meses, a Série B retorna neste sábado, quando o Nova Iguaçu faz sua estreia no Triangular Final, no Estádio Laranjão, às 15h, contra o Campos Atlético.

Esta fase, que terá ainda o Itaboraí, é a última para serem definidos as duas equipes que disputarão a Série A do Carioca em 2017. A competição ficou suspensa por mais de dois meses por conta de um processo na justiça desportiva. Após três julgamentos, se decidiu pela exclusão do Americano, acusado de ter manipulado resultados nas finais do segundo turno, e o Itaboraí entrou no seu lugar. Agora, enfim, a bola vai rolar.

Campeão da Taça Santos Dumont, nome dado ao primeiro turno, o Nova Iguaçu ficou quase três meses sem entrar em campo, desde a última rodada da Taça Corcovado, no dia 11 de junho. Neste período, a comissão técnica manteve todo o grupo trabalhando forte, motivado, e alguns jogos-treino foram realizados, inclusive contra Fluminense, Botafogo (duas vezes) e Vasco da Gama.

- Sem dúvida, foi um desafio. Não é uma situação agradável treinar todos os dias com essa indefinição. Mas trabalhamos como fôssemos jogar todos os fins de semana, fizemos amistosos, e a resposta dos jogadores foi muito boa. Serão sete meses de trabalho decididos em quatro jogos. Conseguimos passar por esse período sem problemas e todos estão preparados – afirma o técnico Edson Souza.

Nova Iguaçu começará com um ponto extra por ter conquistado a Taça Santos Dumont (FOTO: Bernardo Gleizer/NIFC)

Nova Iguaçu, Campos e Itaboraí se enfrentarão em turno e returno, com cada um fazendo quatro partidas. Serão seis rodadas ao todo, e as duas melhores equipes conquistarão o direito de jogar a Série A em 2017. Campeões da Taça Santos Dumont e da Taça Corcovado, respectivamente, Nova Iguaçu e Campos começam com um ponto extra. Por este motivo, todas as partidas serão encaradas como decisões.

- É claro que uma vitória neste sábado seria importantíssima e nos daria um pouco mais de tranquidade para treinar nas duas semanas até o outro jogo. Mas temos que saber buscar essa vitória, não ir de qualquer maneira. Precisamos ir concentrados, organizados, não querer ganhar a todo custo nem ir de qualquer jeito, se não acaba tendo dano lá atrás – ensina o treinador.

Com a certeza de que o trabalho foi bem realizado nesse período, o Nova Iguaçu conta também com o apoio do torcedor. Sem rodada do Campeonato Brasileiro e jogos da Seleção Brasileira, o sábado deve reservar um bom público no Laranjão. Ingressos estão sendo vendidos desde quarta-feira, com o preço de R$ 10 para quem comprar antecipadamente.

- Ficou provado agora nos Jogos Olímpicos como faz a diferença jogar com a torcida a seu favor, em qualquer esporte. Espero que todos venham ao Laranjão, é de suma importância o apoio do nosso torcedor. Quanto mais pessoas estiverem aqui nos incentivando, empurrando os jogadores, mais fortes ficaremos para superar o adversário – disse Edson Souza.

Bernardo Gleizer