quinta-feira, 26 de março de 2015
Tamanho da fonte A+ A-

Júnior

Virada avassaladora

Juniores resolvem jogo no segundo tempo e batem o Friburguense

Com um segundo tempo avassalador, a equipe de juniores do Nova Iguaçu derrotou o Friburguense de virada por 3 a 1 na tarde desta quinta-feira, no Laranjão. O Tricolor da Serra saiu na frente no primeiro tempo, mas a Laranja da Baixada marcou três gols em 20 minutos e voltou a vencer após três rodadas. O resultado deixou o NIFC na oitava colocação da Taça Guanabara Sub-20.

Apesar dos muitos desfalques e sob um calor intenso, o Nova Iguaçu foi só pressão no primeiro tempo. Aos 17 minutos, Ferreira foi lançado por Sampaio e abriu o placar, mas a arbitragem assinalou impedimento inexistente. Depois, a arbitragem novamente prejudicou o Nova Iguaçu: Lucas Henrique sofreu pênalti claro, mas o juizão mandou seguir.

A pressão continuou. Com domínio total do jogo, o Nova Iguaçu seguiu criando chances. Aos 34, Biscoito teve a chance de abrir o placar, mas preferiu tocar e a zaga rival afastou. No minuto seguinte, John Kennedy evitou o gol de Sanny, em chute forte da esquerda. Mas na primeira chegada, o Friburguense abriu o placar: Jarles pegou o rebote e fez 1 a 0, aos 38 minutos.

Depois de uma bronca no intervalo, o Nova Iguaçu voltou disposto a resolver a parada. E conseguiu. Logo aos quatro minutos, Sampaio chutou cruzado, o goleiro do Friburguense soltou e Ferreira chegou fuzilando, empatando o duelo. No minuto seguinte, Lucas Moreira recebeu em velocidade e teve a chance de virar, mas preferiu tocar para trás ao invés de chutar e a zaga cortou.

Nada que tirasse o ímpeto laranja. A virada chegou aos 18 minutos: Matheus Rocha, que acabara de entrar e fazia sua estreia, deu belo passe para Saquarema, que chutou na saída do goleiro. O Friburguense ainda perdeu Igor, expulso, aos 19, e aí o Nova Iguaçu teve ainda mais espaço. No minuto seguinte, a zaga rival bateu cabeça e Ferreira não desperdiçou, marcando 3 a 1.

Com o adversário entregue, o Nova Iguaçu ainda tentou ampliar o marcador. Jean, duas vezes, teve essa chance. Primeiro, o goleiro tirou chute cruzado. Depois, ele recebeu de Biscoito e tentou encobrir o arqueiro, mas a bola saiu por pouco. Placar final: 3 a 1. Com 18 pontos e na oitava colocação, o Nova Iguaçu tem remotíssimas chances de avançar de fase. No domingo, a equipe visita a Cabofriense, às 13h45, no Correão.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 3 X 1 FRIBURGUENSE

Local: Laranjão
Data-Hora: 26/3/2015 – 13h15
Árbitro: Jorge Antônio Affonso da Silva
Auxiliares: Renan Couto de Oliveira Chaves e Fábio Marques Cerqueira
Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: Igor 19′/2ºT (FRI)
Gols: Jarles 38′/1ºT (0-1), Ferreira 4′/2ºT (1-1), Saquarema 18′/2ºT (2-1) e Ferreira 21′/2ºT (3-1)

NOVA IGUAÇU: Bruno; Renan Leandro, Sanny, Raniel e Lucas Moreira; Biscoito, Ronald e Lucas Henrique (Matheus Rocha 16′/2ºT); Ferreira, Sampaio (Lucão 37′/2ºT) e Saquarema (Jean 29′/2ºT) – Técnico: Armênio Moura.

FRIBURGUENSE: John Kennedy; Alexandre, Igor Soares (Bruno 19′/2ºT), Guilherme e Ricardo Júnior (Neto 27′/2ºT); Murillo, Bruno Silva, Igor e João Pedro; Jarles (Maxwel 24′/2ºT) e Lohan – Técnico: Mendonça.

Bernardo Gleizer