sábado, 22 de março de 2014
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Ficou na história

Nova Iguaçu empata com o Botafogo e termina Carioca com maior pontuação de sua história

Dizem que a última impressão é a que fica. E foi assim que o Nova Iguaçu terminou o Campeonato Carioca. A Laranja da Baixada mostrou bom futebol e empatou em 1 a 1 com o Botafogo, neste sábado, em Moça Bonita, atingindo a melhor pontuação de sua história na Primeira Divisão. O NIFC encerrou com 19 pontos, superando os 18 conquistados em 2011.

Com Carlos Vitor à frente da equipe após a saída de Edson Souza, o Nova Iguaçu não alterou sua forma de jogar. As investidas ofensivas eram sempre pelos lados, ora com Belarmino pela direita, ora com Zambi pela esquerda. Do lado do Botafogo, que apenas cumpria tabela, o paraguaio Zeballos era o mais acionado.

A primeira boa chance foi com Zambi, que obrigou Renan a fazer boa defesa. Do outro lado, Gegê, de cabeça, assustou o goleiro Jefferson. Após a parada técnica, o Alvinegro era ligeiramente superior na partida, e o gol por pouco não saiu. Primeiro, Cidinho acabou tirando o gol que seria de Dankler. Depois, Alex soltou a bomba de fora da área e acertou o travessão.

Mas aí o Nova Iguaçu conseguiu chegar ao gol. Dieguinho fez tabela com o zagueiro Rodrigo Almeida dentro da área e colocou com destreza a bola no canto esquerdo do goleiro Renan: 1 a 0. O gol deixou a equipe alvinegra nervosa, e por muito pouco o NIFC não foi para o intervalo com uma vantagem maior: Zambi foi lançado por Foca em velocidade, mas Renan saiu nos pés do camisa 10.

Dieguinho abriu o placar para o Nova Iguaçu com um belo gol (FOTO: Bernardo Gleizer/NIFC)

No retorno para o segundo tempo, o Nova Iguaçu se comportava bem no jogo, mas o Botafogo conseguiu o empate. Cidinho foi lançado por Gegê e acabou derrubado por Jorge Fellipe dentro da área. Zeballos cobrou o pênalti no canto oposto ao de Jefferson e igualou o marcador: 1 a 1.

Depois do gol, o Nova Iguaçu fez um jogo parelho com o Botafogo, mas chance clara mesmo só aconteceu do lado alvinegro, com Dankler, de cabeça. Com o empate em Moça Bonita, o Nova Iguaçu encerra o Estadual com 19 pontos e na oitava colocação, a melhor da história, superando o nono lugar de 2011 e 2012. Agora, futebol só no segundo semestre, com a Copa Rio.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 1 NOVA IGUAÇU

Local: Moça Bonita
Data-Hora:
22/3/2014 – 15h45
Árbitro:
Agnaldo Xavier Farias (RJ)
Auxiliares:
Wagner de Almeida Santos (RJ) e Flávio Manoel da Silva (RJ)
Renda e público: R$ 5.900,00 / 308 pagantes / 446 presentes
Cartões amarelos:
Dankler, Gegê e Sidney (BOT); Jorge Fellipe (NOV)
Cartões vermelhos:
Dankler 46′/2ºT (BOT)
Gols:
Dieguinho 37′/1ºT (0-1) e Zeballos 12′/2ºT (1-1)

BOTAFOGO: Renan; Alex, André Bahia, Dankler e Junior Cesar (Sidney 3′/2ºT); Airton, Fabiano, Dedé (Daniel 33′/2ºT), Cidinho (Yguinho 14′/2ºT) e Gegê; Zeballos – Técnico: Eduardo Húngaro.

NOVA IGUAÇU: Jefferson; Belarmino, Rodrigo Almeida, Jorge Fellipe e Amarildo (Uallace 40′/2ºT); Paulo Henrique, Rodrigo César, Geovani (Leônidas 21′/2ºT) e Dieguinho; Zambi e Erick Foca (Palagar 28′/2ºT) – Técnico: Carlos Vitor.