segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012
Tamanho da fonte A+ A-

Futebol Profissional

Herói divide os méritos pelo título

Jefferson defendeu duas cobranças na disputa de pênaltis e garantiu o Troféu Edilson Silva para o Nova Iguaçu

Foi um jogo tenso, quente e disputado. Mas na disputa por pênaltis, brilhou a estrela e a frieza do goleiro Jefferson. O camisa 1 do Nova Iguaçu defendeu as cobranças de Diego Guerra e Victor Hugo e foi decisivo na conquista do Troféu Edilson Silva neste domingo, no Engenhão, na vitória por 4 a 2 nos pênaltis.

Como não podia deixar de ser, o herói da tarde mostrava toda sua felicidade após o jogo. Depois de passar os primeiros quatro jogos da Taça Guanabara sem sofrer gols, ele voltou a brilhar. Mas na hora de comemorar o feito, tratou de dividir os méritos com seus companheiros.

- Fico feliz e grato por tudo ter acontecido daquela forma, mas prefiro dividir esses méritos com toda a equipe. Eles foram valentes debaixo daquele sol escaldante (os termômetros no Engenhão marcaram 41ºC na hora do jogo) e conseguimos esse título tão importante para o clube – festejou.

Jefferson vibra após defender pênalti de Victor Hugo (FOTO: Pedro Martins/nifc.com.br)

Jefferson contou que defender pênaltis não é novidade em sua carreira. E revelou a ajuda valiosa de seu preparador de goleiros, Rommel Araújo, que sempre filma os jogos para corrigir falhas no posicionamento e mostrar ao seu pupilo onde ele acertou e onde errou.

- Tive um bom aproveitamento nas cobranças de pênalti em outras equipes e sempre procuro estudar os batedores. Mas hoje o Nova Iguaçu tem um excelente preparador de goleiros, o Rommel, que trabalha especificamente essas cobranças conosco e fui feliz ao fazer as duas defesas – comemorou o goleiro.

Agora, Jefferson e companhia se preparam para disputar a Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. O Nova Iguaçu estreia nesta quarta-feira, às 16h, no Estádio Jânio Moraes, contra o Friburguense. Às 13h45 haverá preliminar pelo Estadual de Juniores.